Mauro César Martinez, funcionário da Vigorito, unidade Santo André, vendeu 100 carros em um único mês. O prêmio, até então jamais conquistado, foi comemorado com muitas homenagens.

Mauro, recebeu das mãos do diretor da rede Vigorito, Hermes Junior, uma placa que simbolizou à sua venda recorde; e das mãos do gerente da loja de Santo André, Wagner Xavier Rodrigues, uma camiseta especialmente confeccionada com a marca dos 100 veículos vendidos.

“É uma satisfação muito grande tê-lo com a gente. Além de ser um bom vendedor, o Mauro interage com a equipe. Homenagens como esta servem de motivação não só para ele, mas a todos os demais funcionários”, disse Hermes.

“A média de vendas do Mauro chega a 60 carros por mês, o que é algo muito acima do esperado”, observou Rodrigues. “Ele é uma pessoa muito dedicada, esforçada e, o principal, humilde demais. Temos uma equipe muito boa aqui. São 17 vendedores. Todos ótimos”, declarou.

O diretor de vendas, Marcio, também fez questão de prestar sua homenagem. “É um número muito expressivo e não podemos deixá-lo passar em branco. Temos que homenagear e premiar sim, funcionários que se destacam”.

Esta marca foi mérito e esforço de 12 horas de trabalho por dia. “Foi uma loucura, mas disse ao meu gerente que iria até o final. Na verdade foram 100 carros zeros, dois usados e mais alguns que não chegaram a ser faturados antes do fechamento do mês”, disse Mauro. “Acredito que para ser um bom vendedor é preciso passar confiança, ter uma boa conversa e captar o que o cliente quer. É preciso analisar bem cada situação, pois cada cliente é único”.

Funcionário vende 100 carros num único mês

Mauro César Martinez, funcionário da Vigorito, unidade Santo André, vendeu 100 carros em um único mês. O prêmio, até então jamais conquistado, foi comemorado com muitas homenagens.

Mauro, recebeu das mãos do diretor da rede Vigorito, Hermes Junior, uma placa que simbolizou à sua venda recorde; e das mãos do gerente da loja de Santo André, Wagner Xavier Rodrigues, uma camiseta especialmente confeccionada com a marca dos 100 veículos vendidos.

“É uma satisfação muito grande tê-lo com a gente. Além de ser um bom vendedor, o Mauro interage com a equipe. Homenagens como esta servem de motivação não só para ele, mas a todos os demais funcionários”, disse Hermes.

“A média de vendas do Mauro chega a 60 carros por mês, o que é algo muito acima do esperado”, observou Rodrigues. “Ele é uma pessoa muito dedicada, esforçada e, o principal, humilde demais. Temos uma equipe muito boa aqui. São 17 vendedores. Todos ótimos”, declarou.

O diretor de vendas, Marcio, também fez questão de prestar sua homenagem. “É um número muito expressivo e não podemos deixá-lo passar em branco. Temos que homenagear e premiar sim, funcionários que se destacam”.

Esta marca foi mérito e esforço de 12 horas de trabalho por dia. “Foi uma loucura, mas disse ao meu gerente que iria até o final. Na verdade foram 100 carros zeros, dois usados e mais alguns que não chegaram a ser faturados antes do fechamento do mês”, disse Mauro. “Acredito que para ser um bom vendedor é preciso passar confiança, ter uma boa conversa e captar o que o cliente quer. É preciso analisar bem cada situação, pois cada cliente é único”.

Voltar